18/02/2016

[Animação] Soul Eater (2014)

"Almas saudáveis e 
espíritos saudáveis se 
alojam em corpos saudáveis" 

Em regra, pode-se dizer que não há nada de diferente nessa animação: não há inovação. Não li o mangá e nem pretendo ler. 

O que me chama atenção é o antagonismo, que é personificado pela “loucura” (ou por um demônio interior) ao invés de um “mal” genérico e indefinido.

Dessa forma posso repetir as palavras de Lara Franco:

“Em resumo, Soul Eater é divertido, tem uma excelente trilha sonora e personagens bem relacionados, mas serve apenas como entretenimento, não abre para discussões mais densas ou polêmicas.
Apesar das contradições, é um anime curto, sem fillers e que não é cansativo, cumprindo bem a ideia de passatempo com leves pitadas de suspense e figuras icônicas do cinema, literatura e mitologia.”

Por fim, o interessante disso é que alguns personagens lutam ferozmente contra si mesmos (e em certos momentos acabam perdendo) pelo controle de suas vidas. Nota 7.0 para o conjunto da obra.

Grande abraço!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é o nosso pagamento.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...