06/04/2016

[Animação] Terror em Love City (1986): O Cyberpunk Sem Pé e nem Cabeça



Imagine uma anime de ficção científica bizarro e confuso meio Matrix, meio Akira baseado em um mangá antigo raro e atualmente inacessível.

Esse é o caso do anime acima. Assisti no final de semana e achei bem criativo, com personagens interessantes: É algo tão exoticamente trash que não resisto em indicar.

O único problema é que o final deixa varias pontas soltas que provavelmente nunca serão explicadas, pois se trata de uma obra bem esquecida e obscura.

Concordamos com Thais Lara:


É como eu disse também no título deste post. Terror em Love City é um cyberpunk sem pé e nem cabeça. Mais do que isso. É sem formato, sem escrúpulos e sem formação. Sem regras e sem padrão definido. Aí nascia uma animação que não só influenciaria Akira, como também muitos outros da geração vindoura.
É uma pena que seja desconhecido, pois a animação tem muitas qualidades. As referencias ao horror japonês dos anos 80, os diálogos confusos e cheios de baboseiras pseudo-científicas, o trash esterilizado, a arte futurista, o visual dos personagens e os elementos narrativos e visuais, estão muito bem incluídos. Mais do que recomendado, é uma obrigação para todos os fãs da animação japonesa.

Assista, sem compromisso, enquanto é tempo: não vai mudar sua vida, apenas te deixar cheio de questionamentos de algo que poderia ter sido brilhante, mas foi apenas medíocre.

Grande Abraço!

Sites consultados:


  • http://navebebop.blogspot.com.br/2014/04/terror-em-love-city-o-cyberpunk-sem-pe.html
  • http://filmesparadoidos.blogspot.com.br/2012/11/terror-em-love-city-1986.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é o nosso pagamento.