22/05/2016

[Viagens] Férias em Paraty (2016): Férias na Baixa Estação e com Baixo Custo


Não comi nesse restaurante, mas achei o nome curioso,
pois não sei se paga direitos autorais.
Já é a terceira vez que visito esse destino (algumas fotos ao final) e já tinha falado dele em um post anterior

Não adianta: chega uma hora em que devemos descansar para por as ideias em ordem. Os gastos a mais feitos são refletidos em uma maior saúde mental e em lembranças que guardaremos por toda a vida. 


Lugares Interessantes 


De toda forma, a vida é passageira e temos que aproveitar um pouco:

Pousada: indico a pousada Sonho Meu (de baixo custo e organizada, só não me hospedei nela dessa vez pois estava em obras. Se a grana estiver curta, Paraty tem muito, mas muito hostel). 

Restaurante de Baixo custo: Self service Popular Amarelinho ou alguma tranqueira do Carlão Supermercado (não é um restaurante, mas é barato para se alimentar).

Passeios de Baixo Custo ou Gratuito: praia do pontal, praia de jabaquara, Forte defensor perpétuo e Trindade (nesse último tem que pegar um ônibus capenga, mas as praias são maravilhosas)

Melhor Lanche: Piratas Burguer (hambúrguer artesanal a preço acessível)

Academia de Baixo Custo: Foto abaixo. Indico correr na avenida do canal (Av. Octávio Gama - só não corri, pois fiquei com preguiça, mas o ambiente é ideal).


Academia de pobre, mas funcional ao ar livre na praia do pontal

Descanso mental



Concordamos com o site Valores Reais:


"Descansar é uma atividade essencial ao ser humano. Faz parte da vida ter momentos de trabalho e de descanso, de preferência de modo alternado, para evitar que haja um desgaste desnecessário decorrente de trabalho excessivo, que pode, inclusive, causar doenças e problemas de saúde, notadamente o stress. Assim, as férias constituem importante instrumento de descanso físico e mental, além de serem uma fonte extra de remuneração, já que o período de férias deve ser acrescido do pagamento de um adicional correspondente a 1/3 do salário normal, conforme determinação expressa da Constituição Federal."


E também com Lucas Vinicio:


"não deixem de viajar. Não importa se for um passeio para perto, não importa se é para ficar na casa de alguém ou em algum camping ou hostel. Desde que caiba em seu orçamento, passeie. Mesmo que for para perto, ou um bate-volta. Afinal, viajar não é apenas ir para longe e hospedar-se. Viajar envolve nossas mentes e o estado de espírito livre no qual nos desconectamos das engrenagens da rotina. É importante não nos deixarmos viciar, não ficarmos como Chaplin em Tempos Modernos... Mesmo que não saiam de casa, meus amigos, viagem. Esta é minha mensagem a vocês. "

Baixa estação



Obtivemos as seguintes vantagens tirando férias na baixa estação:


  • Economia de tempo (menos gente em filas e coisas assim)
  • Preços mais em conta (nas pousadas, pelo menos): gastamos cerca de 800 reais em 5 dias de diárias na pousada La Cigale. Normalmente ficaria na pousada Sonho Meu, mas esta estava em obras.
  • “Colamos” as férias no feriado (para ajuda, consulte o site Folga Extra)
  • Indo na contra-mão da multidão (sem engarrafamento para ir ou voltar)

Fica a dica!

Jabaquara




Vista da subida do forte defensor perpétuo 






Vista de trilha lateral ao forte

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é o nosso pagamento.