03/10/2016

Minha Vida na Cidadezinha do Interior: Parte 3 (Setembro)


Atualizações:


Academia: finalmente estou me acostumando aos instrumentos de tortura medieval, mesmo assim saudades da Smartfit.


Casa: cinco minutos do trabalho. Continuo compensando pequenas reformas no aluguel. Uma pena que o proprietário não tenha cacife para conservar o próprio imóvel, pois com certeza faria reformas melhores e mais duradouras que as minhas.
Finalmente assinei o Netflix. Recomendo a todos!


Trabalho: Trabalhar, mesmo na parte burocrática, na eleição local foi um inferno. Fico feliz que tenha acabado. A expectativa agora é de tranquilidade.


Comércio local: pizza família por 40 reais e self-service com churrasco por menos de 40 reais o kilo. É barato, mas é praticamente tudo de interessante em termos de culinária na cidade.


Mulheres: sou casado então não me faz muita diferença, mas percebo que as daqui tem bem pouca perspectiva (não tem nenhuma faculdade na cidade), sendo a melhor a de trabalhar na prefeitura como concursada ou ocupando algum cargo em comissão. Se fosse solteiro teria medo de me relacionar com a maioria, pois imagino que terminaria cheio de filhos e com várias pensões alimentícias a pagar.


Estudos: fiz cerca de 20 horas de estudo em setembro. Um desempenho pífio para meu objetivo de passar em um cargo top. No meu auge, conseguia fazer entre 21 e 28 horas de estudos semanais. Claro que estar desempregado nessa época era uma grande motivador.
Prometo melhorar significativamente nesse mês de outubro.


Futuro: continuar cuidando do corpo (atividade física) e da mente (estudo), independente da idade cronológica.



4 comentários:

  1. Morar numa cidade dessas só prestaria se você tivesse boas instalações e pudesse ir nas metrópoles a qualquer momento. Fora isso eu não acho que seja jogo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Doc,

      concordo com vc. por isso estou provisoriamente neste lugar.

      só os correios e a internet me dão um alento.

      abç

      Scantales

      Excluir
  2. Houve uma época onde as eleições eram uma mina de ouro para servidores dos TREs. Muita hora extra. Recordo de um casal de servidores em Teresina que comprou um apt à vista para alugar apenas com hora extra. Depois, mudaram isso e deram mais ênfase na compensação. Afinal, é necessário sobrar mais grana para Magistrados e membros do MP.
    Mas, enfim: acho que havia abusos, mesmo. Meses próximos às eleições eram quando servidores trocavam de carro. rs
    Interessante essa sua jornada aí. Está sendo bom acompanhar sua vida na pacata cidade de deus-sabe-lá-onde.
    20 horas num mês é realmente um rendimento pífio. Com isso daí não dá para passar para cargos de agente político nem a pau. Só com um milagre.
    Vi a postagem anterior sobre mochilas. E semana passada estava comentando com gente conhecida que estou precisando de uma bolsa nova. Mas vou esperar viajar para comprar VENDO e PEGANDO o produto.
    Quanto a Netflix, ainda prefiro baixar o que é bem recomendado e pronto. Até pq não sou de viver assistindo!
    Abraços!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. K,

      Estou envergonhado do meu rendimento pífio, pretendo quadruplicar essa marca com o passar do tempo.
      Ao vivo é muito melhor, mas, se não achar nada melhor, confere o site da targus.
      Cara, baixar é interessante, mas o netflix já conta com um bom acervo em HD (filmes, seriado etc) e a vantagem é poder acessar rapidamente o conteúdo sem precisa salvar o arquivo, escolher a pasta, verificar qualidade etc.,
      Sem mencionar que no Netflix já tem várias opções de legenda e custa uns 30 reais por mês. esse valor não pagaria nem duas idas ao cinema.

      Acho que o primeiro mês é grátis. se não gostar, basta cancelar.

      Abç

      scantales

      Excluir

Seu comentário é o nosso pagamento.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...