01/02/2017

[Livro] Menos é Mais (2016) – Jay, Francine: Um Guia Minimalista para Organizar e Simplificar sua Vida



Minimalismo é um tema que gostei de abordar aqui blog. O livro de Francine é bem legal (li o ebook) e podemos dizer que é uma bíblia do minimalismo em 200 páginas. 

O mérito dele é explicar racionalmente porque devemos ter menos coisas e desarmar certos gatilhos de mentais que nos levam a guardar itens por valor sentimental.

Isso tem sido especialmente útil para mim, pois enquanto me preparo para trocar novamente de casa posso pensar com calma sobre quais objetos devo possuir para sentir me satisfeito.

Francine Jay, que inclusive tem um blog, apresenta uma cartilha completa que vai além de abordar todos cômodos de uma casa, mostrando que o minimalismo é um processo contínuo. E como Bruce Lee descreveria: "Não é o acréscimo diário, mas o decréscimo diário. Corte fora o que não for essencial".

Enfim, recomendo.

Grande abraço!

6 comentários:

  1. Hum, tentei baixar mas não encontrei na net, terei que comprar, kkkkkk.
    Continuo apreciando suas indicações!
    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lorde,

      O livro é bom, mas se não quiser gastar, a autora tem um blog em inglês.

      abç1

      http://www.missminimalist.com/category/office/

      Excluir
  2. Eu tenho um pé atrás com minimalismo, preciso ler algo assim para entender melhor a proposta. Ainda acho que em alguns casos é dificil aplicar o conceito. Colecionadores por exemplo, mas por outro lado tem aplicações interessantes como organização e funcionalidade em um escritório ou mesa de estudos. Ou nas artes marciais... jogue fora o que não funciona... e até mesmo um escritor famoso disse certa vez que:
    "escrever é a arte de cortar palavras..."
    Abração Scant!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ulisses,

      Tenho pregado aqui no blog que mesmo colecionadores devem buscar um certo minimalismo na coleção. Em se tratando de colecionadores de games, acho desperdício de tempo e espaço ter jogos ruins. Entenda por jogo ruim aquele que não traz nenhum tipo de satisfação ao dono e nem tem qualquer uso, salvo talvez o decorativo.

      gostei dessa frase e pretendo me tornar um cortador de palavras dos bons!

      abç!

      Excluir
  3. Sou muito desorganizado, gosto de viver no meio das tralhas, e guardar muita coisa, seja física ou emocional. Já tentei alguns desses processos, mas fica uma sensação de vazio, que se transforma numa inquietação de "tá faltando alguma coisa aqui".

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ozy,

      A ideia é você pensar se vale a pena continuar com o que tem ou não.
      Se você está feliz assim, beleza.
      eliminei muita coisa sem uso nenhum e acho que todo mundo guarda algumas coisas inúteis como eu.

      abç!

      Excluir

Seu comentário é o nosso pagamento.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...