05/04/2017

[Livro] A Arte da Guerra - Sun Tzu


Esse livro é essencial e merece ser relido de tempos em tempos. Em poucas páginas o autor desenvolve uma estratégia excelente para a guerra e para a vida.

Com ele aprendemos a lidar com nossa energia, que é a vontade de agir e de conquistar objetivos, e com o ambiente a nossa volta. 

O melhor dele é apresentar um ponto de vista filosófico sobre a guerra, o que permite aplicar seus ensinamentos a qualquer problema, como se preparar para uma prova ou conquistar uma mulher.

Umas das ideias mais legais: se preocupe em não cometer erros. Quem aplica isso já tem meio caminho andado para atingir qualquer objetivo.

Selecionei sete frases para medição:

  • Se você conhece o inimigo e conhece a si mesmo, não precisa temer o resultado de cem batalhas. Se você se conhece mas não conhece o inimigo, para cada vitória ganha sofrerá também uma derrota. Se você não conhece nem o inimigo nem a si mesmo, perderá todas as batalhas.
  • Aquele que se empenha a resolver as dificuldades resolve-as antes que elas surjam. Aquele que se ultrapassa a vencer os inimigos triunfa antes que as suas ameaças se concretizem.
  • A suprema arte da guerra é derrotar o inimigo sem lutar.
  • Não é preciso ter olhos abertos para ver o sol, nem é preciso ter ouvidos afiados para ouvir o trovão. Para ser vitorioso você precisa ver o que não está visível.
  • A evolução do Homem passa, necessariamente, pela busca do conhecimento.
  • A habilidade de alcançar a vitória mudando e adaptando-se de acordo com o inimigo é chamada de genialidade.
  • O verdadeiro objetivo da guerra é a paz.

Enfim, recomendo, pois pela ótica de uma antiga estratégia de guerra chinesa, você poderá dar uma nova abordagem a problemas antigos e novos e, com sorte, solucioná-los.

Grande abraço!


P.s.: Fūrinkazan ( japonês : 風 林 火山 , lit. "Vento, Floresta, Fogo, Montanha") , é uma versão popularizada do padrão de batalha usado pelo período de Sengoku daimyo Takeda Shingen que citou quatro frases de Sun Tzu 's A Arte da Guerra : ' veloz como o vento, tão gentil como floresta, tão feroz como fogo, como inabalável como a montanha'

6 comentários:

  1. Eu tenho esse livro, dicas valiosíssimas!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Investidor,

      Esse livro é uma fonte de sabedoria.

      abç!

      Excluir
  2. Se tem algo que devemos respeitar é o know how dos chineses em filosofia e técnicas de combate. Este é um clássico dos clássicos na área. E o melhor é que o livro é fininho se não me engano. Isso estimula mais quem está com pressa em ler ou está sem tempo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ulisses,

      Em poucas palavras ele diz verdades profundas e relevantes.

      abç!

      Excluir
  3. Dizem que Sun Tzu foi uma figura criada para compartilhar as táticas de diversos estrategistas asiáticos. Nesse mesmo tema tem o livro "Da Guerra" de Carl von Clausewitz e o Príncipe de Maquiavel formando a trinca dos livros misturando guerra e política antiga.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Doc,

      Não gosto de Maquiavel, mas pretendo ler Clausewitz.

      abç!

      Excluir

Seu comentário é o nosso pagamento.