06/05/2017

[Gibi] Crônicas Birmanesas (Myanmar) – 2007/ Guy Delisle



Outro dia nos comentários aqui no blog falamos en passant o quanto Myanmar era bizarro. Delisle explica o porquê. Myanmar é:

  • Governada por uma junta militar;
  • Tem a economia dominada por multinacionais;
  • Jornais, revistas e internet monitorados e censurados pelo governo;
  • Vilarejos inteiros entregues à dependência da heroína;
  • E tem muitas outras coisinhas legais.


Tá explicado porque Rambo quase matou todo mundo quando passou por lá no último filme. Conforme explica Renato Rea:

"Só que no caso desta viagem não é o autor que está à trabalho, mas sim sua esposa, que trabalha para os Médicos Sem Fronteiras e está em missão na Birmânia, servindo também de babá ao filho do casal.
O estilo gráfico deste livro é bem diferente, com desenhos bem limpos. Já a narrativa mantém a excelente qualidade e agilidade.
Vale muito a pena ler, é fascinante conhecer um país através do olhar agudo de Delisle, especialmente um país tão curioso como a Birmânia e suas desigualdades, absurdos e brutalidades."

De toda sorte o gibi é muito legal e a maneira pela qual o autor passa essas diferenças culturais ou desrespeito aos direitos humanos é enriquecedor. 

Mais uma vez fica provado que o comunismo que nossos professores de História e Geografia tanto admiravam na escola não passa de uma farsa para dominar e alienar a população.

Enfim, se você quer mais uma dose de realidade sobre como é comunismo na prática, eis aí sua chance. Depois não venha reclamar que a vida nunca te deu uma chance dessas, afinal o papel do blog é mostrar a real.

Grande abraço!



Pereçam malditos comunas!

6 comentários:

  1. Aliás, o esteriótipo "Rambo", atualmente, é mal aceito pelo politicamente correto "progressista".

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma blasfêmia contra um clássico dos anos 80!

      Excluir
  2. É tão bom que nenhum desses demagogos vai morar lá, seriam mortos logo de cara pelas autoridades ou mantidos como vitrine cheios de restrições para algum propósito propagandista.

    ResponderExcluir
  3. Eles sempre dizem que este não é o verdadeiro Comunismo, nunca é quando dá errado, e sempre dá errado. O pior é que independente da ideologia, toda vez que um grupo de pessoas tentar mudar a soiciedade na marra e em pouco tempo, sempre temos muito derramamento de sangue e pior, nada muda depois disso, só muda para pior. Os problemas que os revolucionários tentavam combater, persiste,m e o saldo é um monte de vidas civis destruídas.
    Vide a Revolução Francesa que foi um dos maiores fiasco da história, tentaram mudar tudo e passar uma borracha no passado e nos costumes de um povo. Até um novo calendário tentaram impor e nada disso durou muito, só as mortes em vão é que ficaram na história. Liberdade, Igualdade e Fraternidade... kkkkkkkkkkk só os tolos engolem essa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ulisses,

      É exatamente o que você diz e o pior é que nuca dá certo. Pior que o capitalismo selvagem só o comunismo selvagem.

      abç!

      Excluir

Seu comentário é o nosso pagamento.