26/05/2017

[Social] Como Alugar Um Bom Apartamento: Dicas Rápidas



A maior parte da minha vida morei em casas e penso que eles podem até ser melhor para morar, mas atualmente prefiro apartamentos por serem mais práticos e pelos seguintes motivos:


  • São mais fáceis de administrar, principalmente quando se viaja nas férias;
  • Não tenho ideia do tamanho da família que formarei;
  • Não tenho ideia em qual cidade irei morar definitivamente.

Critérios de Escolha


Eis os critérios cumulativos de escolha:

  • Localização
  • Área útil
  • Estado de conservação
  • Preço
  • Acústica
  • Temperatura
  • Atmosfera


Localização: o imóvel de ser perto do que você precisa que seja perto (localização positiva) e longe do que você precisa que fique longe (localização negativa), 

O ideal é morar perto, mas não ao lado do trabalho. Uma distância razoável permitirá que você caminhe, o que é bom exercício. 

Também deverá ser próximo a pontos de comércio (supermercado, academia e drograria) e meios de transporte (ônibus, trem, metrô).

A depender da sua vida, você precisará morar longe de certos parentes e de ex-namoradas.

Você também deve morar longe de áreas de conflito entre polícia e bandidagem, pois ninguém que ser atingido em um eventual tiroteio, ainda que isso custe mais caro.


Área útil: a importância do tamanho do imóvel vai depender do tamanho da sua família. Alugar um imóvel para ostentar é jogar dinheiro no lixo. 

Solteiros vivem bem em quitinetes ou em apartamentos básicos de quarto, sala, cozinha banheiro. 

Casados ou companheiros sem filhos precisam de imóveis de dois quartos no mínimo. O segundo quarto servirá de home office e caverna masculina, onde ele poderá se isolar de sua mulher por algumas horas e voltar a ser feliz.


Estado de conservação: evite se puder imóveis mal conservados, pois isso evitará dores de cabeça. 

Normalmente, quanto mais antigo o imóvel, maior o grau de deterioração causada pelo simples decorrer do tempo. A exceção são os imóveis antigos reformados. 

Se o proprietário não sabe conservar o que é dele, imagino que não será um bom contratante. Eis alguns exemplos dos problemas mais comuns:

  • Fiação aparente ou com gambiarras;
  • Pisos soltando;
  • Problemas com alvenaria (reboco soltando: dê alguns soquinhos na parede para verificar a resistência);
  • Paredes com infiltrações;
  • Descarga sem força;
  • Morcegos no forro do imóvel;
  • Banheiro que apresenta mal cheiro, mesmo sem uso;
  • Imóvel sujo ou com entulhos;
  • etc.


Preço: você não deve pagar um aluguel superior a 30 por cento de sua renda líquida e quanto mais abaixo desse limite melhor. 

O critério do preço, se possível, só deve ser levado em consideração após a satisfação dos critérios anteriores (localização, área útil e estado de conservação.

Sempre pechinche o preço, pois o que não falta são imóveis para alugar.



Acústica: imóveis barulhentos tirarão sua paz. Esse barulho pode ser causado por vizinhos ou por terceiros, como o caso de imóveis localizados em ruas de grande tráfego de veículos.

Se não houver solução melhor, use abafadores de ruído.

Amo animais, mas vizinhos com muitos animais de estimação podem atrapalhar seu dia, seja pelo barulho, seja pelo cheiro.

Claro que depende da raça, pois há cães bem "educados" nos latidos, mas fique longe daqueles vizinhos que querem montar grandes canis no apartamento em que vivem. 

Como descobrir se o imóvel é muito barulhento? Você precisa visitar o imóvel em horários diferentes.

Temperatura: imóveis com tetos mais baixos são mais quentes, mas a temperatura, por óbvio, também depende da posição e intensidade em que os raios solares incidem na parede do imóvel. 

Em prédios, normalmente os andares mais baixos são menos quentes, mas mais vulneráveis a barulho. 

Conforme explica o Blog Casa Show:


"Normalmente, as casas e os apartamentos voltados para o norte terão iluminação e aquecimento praticamente o dia inteiro, de janeiro a janeiro. Isso é ótimo na teoria, mas você precisa levar em conta também a região em que a propriedade está localizada. 
Se sua cidade é excessivamente quente, por exemplo, não é tão vantajoso ter a incidência solar durante o dia todo, não acha?
Outro detalhe que você precisa ter em mente é que não adianta escolher um imóvel voltado para a face norte se logo à sua frente há um grande prédio ou mesmo uma árvore frondosa obstruindo a passagem de luz e calor."

É claro que ar condicionado ajuda bastante, mas eleva o preço da conta elétrica. Daí a importância de escolher imóveis bem arejados.

Como descobrir se a temperatura é agradável? Você precisa visitar o imóvel em horários diferentes.

Atmosfera: vale a pena morar longe de rodovias e outras vias muito movimentadas em razão da emissão de gazes poluentes pelos automóveis e não somente pelo barulho. 

Uma vantagem de quem mora no interior é o ar puro.


Conclusão


Enfim, acho que ter usar critérios de escolha pode ajudar na tomada de uma melhor decisão e espero ter ajudado. Adoraria receber críticas e sugestões para melhorar este post.

Grande abraço!

4 comentários:

  1. Eu moro em casa, mas andei frequentando o AP de uma "mina" com quem estava saindo, e vou te falar, curti !! também achei mais prático do que uma casa (apesar de pagar condominio), quem sabe no futuro eu compre um apartamente, apesar de suas dicas ser para aluguel muitas delas se aplica para a compra !!

    ResponderExcluir
  2. Acho que a dica de acústica é a top! Poucas pessoas prestam atenção nisso! Vou te dizer que já sofri com barulhos externos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ulisses,

      O diabo está nos detalhes: poluição sonora é tão esquecida como a visual, mas ambas fazem mal.

      abç!

      Excluir

Seu comentário é o nosso pagamento.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...