25/09/2017

[Livro] Autobiografia - Benjamin Franklin (1791): As 13 virtudes





Introdução



Normalmente não tenho muito interesse por autobiografias, pois acredito serem carregadas demais de lisonja, mas nesse caso o que lemos é o relato de um ser humano inteligente e perspicaz, que além de filósofo ajudou a redigir a constituição americana.

O livro também mostra uma realidade americana de 1700 muita parecida com o Brasil de hoje, pois o tempo passa e as pessoas não mudam.



As 13 virtudes de Benjamin Franklin


Um trechos dos mais interessantes do livro é onde ele fala de desenvolver certas qualidade pessoais para viver uma vida melhor.

Para os amantes da frugalidade é uma ótima orientação, pois em certo momento da vida, Franklin vendeu sua empresa e passou a viver de renda. 

Eis suas recomendações:


1. TEMPERANÇA – Não comer até ao embrutecimento, nem beber até a embriaguez.
2. SILÊNCIO – Não falar senão do que pode ser benéfico para os outros ou para nós mesmos; e evitar as conversações frívolas.
3. ORDEM – Um lugar para cada coisa e cada coisa no seu lugar; destinar uma hora para cada uma das nossas tarefas.
4. RESOLUÇÃO – Resolver cumprir o que é dever; e cumprir, sem falhar, o que se resolve.
5. FRUGALIDADE – Não fazer despesas senão em benefício próprio ou em benefício de outrem, isto é, não desperdiçar.
6. APLICAÇÃO – Não perder tempo; ter sempre entre mãos qualquer trabalho útil; suprimir todas as ações desnecessárias.
7. SINCERIDADE – Não recorrer a ludíbrios prejudiciais; pensar sem ideia preconcebida e com Justiça; e ao falar, fazê-lo de conformidade com este princípio.
8. JUSTIÇA – Não prejudicar ninguém fazendo o mal, ou omitindo benefícios que constituem o seu dever.
9. MODERAÇÃO – Evitar os extremos; abster-se de guardar ressentimento pelas injúrias recebidas, na medida em que as considerarmos merecidas.
10. LIMPEZA – Não tolerar a falta de limpeza no corpo, no vestuário ou na habitação. Na mente também.
11. TRANQUILIDADE – Não se perturbar com insignificâncias, nem com acidentes correntes e inevitáveis.
12. CASTIDADE – Usar raramente do prazer da carne e apenas para benefício do organismo e tendo em vista a descendência; jamais até o embrutecimento, ou ao debilitamento, ou em prejuízo da própria paz e reputação, ou da paz e da reputação de outrem.
13. HUMILDADE – Imitar Jesus. E Sócrates.

Conclusão 


Enfim, recomendo o livro, que é curto (216 páginas), fácil de ler e inspirador.

Grande abraço!

__________________________________________________________

Sites consultados:


  • http://vivendocidade.com/as-13-virtudes-de-benjamin-franklin
  • http://www.oprumodehiram.com.br/13-virtudes-do-irmao-benjamin-franklin/
  • http://www.adriana.blog.br/index.php/as-13-virtudes-eleitas-por-benjamin-franklin/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é o nosso pagamento.