15/01/2018

[Texto] Resultados - Geraldo Eustáquio de Souza

O esforço transforma nossa
forma decadente em...


Gosto desse texto porque ele reflete as dificuldades pelas quais passamos para melhorar de vida, seja começando a praticar um esporte, seja estudando para uma prova ou qualquer outro desafio.

É interessante perceber que a mola mestre das transformações pessoais é a perseverança, pois somente por meio das rotinas do hábito podemos transformar nosso caráter e nos tornar uma pessoa melhor em nossa curta existência.

Enfim, continue se esforçando ao máximo para atingir seus objetivos.


Grande abraço!


Resultados - Geraldo Eustáquio de Souza


"Resultados exigem esforço, paciência e constância.

Suspeito de promessas miraculosas e soluções instantâneas.

Duvido de fórmulas simples para a conquista da felicidade.



Fraqueza, fadiga e ferrugem custam a ceder

depois que se instalam no corpo, na mente e no espírito.

Somente torça, fôlego e flexibilidade podem produzir mudança.



Otimismo só e útil onde existe ação planejada.

Pensamento positivo só funciona à custa de muito trabalho.

Sem objetivos e prazos definidos, esperança e pura ilusão.



Acredito em fatos, não em intenções

Acredito em atitudes, não em discursos

Acredito em posturas éticas, não em regras de moral

Acredito em fazer acontecer, não em esperar que aconteça

Acredito em criatividade, não em obstáculos



O que importa são as tentativas e não os acertos.

As vezes que a gente se levanta

contam muito mais do que as que a gente cai.

O prazer de continuar buscando

é infinitamente maior do que o sucesso de alcançar



Toda transformação começa sempre caótica e desconfortável.

Os caminhos conhecidos são seguros e fáceis,

mas só conduzem aos lugares onde já estamos

e não desejamos ficar.



O caminho do novo é cheio de riscos, surpresas e cansaço

mas sempre premia os que o escolhem

com a chance de descobrirem e experimentarem

a Vida que imaginaram viver."


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Você não tem que comentar, mas, se o fizer, talvez aprendamos algo juntos.